Ricardo Miguel Guerreiro Nobre

Professor Auxiliar Convidado

Doutorado em Estudos de Literatura e de Cultura pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, com a tese sobre "A Lira Cássica do Trovador Romântico: Representações Poéticas da Antiguidade Greco-Romana no Romantismo Literário Português". Mestre em Estudos Clássicos pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, com a tese sobre "Intrigas Palacianas nos Annales de Tácito. Processos e tentativas de obtenção do poder no principado de Tibério: Estudo retórico".

Foi Professor de Português-Língua Estrangeira na Faculdade de Letras e docente convidado nas áreas curriculares de Latim e Temas da Cultura Clássica II na Universidade Aberta.

Colaborou com a revisão científica do Dicionário Editora de Latim Português (3ª edição), editado pela Porto Editora.

Outras

Almeida Garrett, familiar com Virgílio

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2017. IV Colóquio Internacional A Literatura Clássica ou os Clássicos na Literatura: Presenças Clássicas nas Literaturas de Língua Portuguesa
Outras

O testamento do Romantismo n’Os Maias: o Poeta Tomás de Alencar

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2017. 5.º Colóquio Internacional Figuras da Ficção: Dinâmicas da Personagem
Outras

«A “bela e nunca por demais celebrada cidade de Lisboa” na ficção de Mário de Carvalho»

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2017. Colóquio Internacional Paisagem e Literatura: Cartografias do Espaço e da Memória
Outras

«Recensão» a David Hopkins, Conversing with Antiquity: English Poets and the Classics, from Shakespeare to Pope (Oxford: Oxford University Press, 2014)

Outras

«“Serás Poeta e Desgraçado”: O Sujeito que Escreve em António Nobre»

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2017. Congresso 1867 — Um Ano de Gigantes. Raul Brandão, António Nobre e Camilo Pessanha
Capítulo de Livro

“E perdoe-me a ilustre Grécia e Roma”: sobre história antiga n’Os Lusíadas, de Luís de Camões

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2017. A Literatura Clássica ou os Clássicos na Literatura: Presenças Clássicas nas Literaturas de Língua Portuguesa
Outras

Lingua Certa in Re Incerta: Latim para todas as ocasiões

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2016. Acção de Formação Introdução à Cultura e Línguas Clássicas, realizado na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
Artigo

«Recensão» a Romans and Romantics, ed. Timothy Saunders, Charles Martindale, Ralph Pite, and Mathilde Skoie (Oxford: Oxford University Press, 2012)

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2016. Euphrosyne, 44: 398-400.
Artigo

«Recensão» a Symbolon III: Paz e Concórdia, ed. Belmiro Fernandes Pereira e Jorge Deserto e Symbolon IV: Medo e Esperança, ed. Belmiro Fernandes Pereira e Ana Ferreira. (Porto: Faculdade de Letras da Universidade do Porto/E-dita, 2014)

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2016. Euphrosyne, 44
Artigo

“O que me adivinha o coração”

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2016. Revista Portuguesa de Humanidades
Artigo

Arte Poética de Orfeu na Dispersão, de Mário de Sá-Carneiro

Artigo

Castilho e os Clássicos: Tradução e Bom Gosto

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2015. e-Classica: Boletim de Pedagogia e Cultura, nova série, n.º 1
Capítulo de Livro

Fialho de Almeida e a Antiguidade Clássica: notas sobre a sua recepção

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2015. Portugal no Tempo de Fialho (1857-1911)
Outras

Proteger a Liberdade, defender a Revolução

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2015. II Jornadas da Sociedade Portuguesa de Retórica: Retórica e Poética
Outras

“E perdoe-me a ilustre Grécia e Roma”

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2015. III Colóquio Internacional A Literatura Clássica ou os Clássicos na Literatura: Presenças Clássicas nas Literaturas de Língua Portuguesa
Outras

A Lira Clássica do Trovador Romântico

Outras

Notice from the Augustan Poetics in the 19th Century Portuguese Literature

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2014. XIV A.D. AVGVSTVM SAECVLVM: International Conference
Artigo

«Recensão» a José Luís Lopes Brandão, Máscaras dos Césares: Teatro e Moralidade nas Vidas Suetonianas (Coimbra: Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos, 2009)

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2014. Euphrosyne, 42: 308-310.
Artigo

"Meminimus quae placidum nobis paruis Arnaldum dictae" ou como o latim se tornou clarinho

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2013. Vir bonus peritissimus aeque. Estudos de homenagem a Arnaldo do Espírito Santo
Outras

Castilho e o Mundo Literário Antigo: Tradução e Bom Gosto

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2013. Giovani Studiosi di Fronte ai Classici tra Lisbona e Bari: esperienze a confronto
Outras

Poética e Estética Clássicas na Literatura Portuguesa Oitocentista

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2013. Giovani Studiosi di Fronte ai Classici tra Lisbona e Bari: esperienze a confronto
Outras

“Recensão” a Symbolon II — Inveja e Emulação

Artigo

“… e já Eva Corrompeu Adão ou a Rainha Divina e Poética”

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2013. Mulheres: Feminino Plural
Artigo

Camões e os Trovadores Românticos

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2012. Camões e os Contemporâneos
Artigo

Cleópatra: Poder e Amor no Romantismo Português

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2012. Narrativas do Poder Feminino
Artigo

“Já Safo não seria”

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2012. A Literatura Clássica ou os Clássicos na Literatura: uma (re)visão da literatura portuguesa das origens à contemporaneidade
Outras

“Pregar com a cabeça numa esquina”

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2012. Jornada Internacional nos 150 anos da publicação de Amor de Perdição (Memórias duma Família)
Outras

A Performance de Orfeu na Dispersão de Mário de Sá-Carneiro

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2011. XVIII Congresso Nacional de Estudos Clássicos: Antiguidade: Performance e Recepção
Capítulo de Livro

Edição crítica e “Leitura” do conto “Uma Praga Rogada nas Escadas da Forca”, de Camilo Castelo Branco

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2011. Antologia Crítica do Conto Português
Outras

“A Corrente Estético Literária do Romantismo”

Outras

“A Mitologia Clássica e a Construção do Fantástico em Fialho de Almeida”

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2011. Congresso Internacional Portugal no Tempo de Fialho de Almeida (1857-1911)
Outras

“Como se Escreve um Romance Contemporâneo: Tradição e Inovação em Lopes de Mendonça”

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2011. Jornadas Interuniversitárias Faculdade Portoalegrense (Brasil)–Faculdade de Letras de Lisboa
Capítulo de Livro

“Escrever para a Imortalidade: praecipuum munus annalium”

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2011. Memória e Sabedoria
Capítulo de Livro

“Martírio e Expiação na Novela Passional Camiliana”

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2011. Estética das Emoções
Outras

“Recensão” a Sociedade e Poder no Tempo de Ovídio

Outras

“Recensão” a Symbolon I — Amor e Amizade

Livro

Intrigas Palacianas nos Annales de Tácito

Capítulo de Livro

“Garrett e a Tradição Clássica: de Safo a Horácio”

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2010. Géneros literários: Continuidades e Rupturas da Antiguidade aos Nossos Dias
Outras

“Recensão” a A perenidade de Horácio

Outras

Tibério: um Retrato de Tácito

Ricardo Miguel Guerreiro Nobre 2006. Leitura e Leitores dos Textos Clássicos
Livro

Guia Prático de Tradução Latina (with Fernanda Carrilho)

Outras

«Recensão» a Nouvelle Histoire de la Littérature Latine, vol. I: La Littérature Latine de L’Époque Archaïque: des origines à la mort de Sylla; la période prélittéraire et l’époque de 240 à 78 av. J.-C., ed. Werner Suerbaum (Turnhout:...